Horta na varanda

Horta na varanda

Vasos e recipientes

Na presença de uma varanda, o uso de vasos é indispensável para os diferentes tipos de hortaliças que se pretende cultivar.

Recomenda-se a escolha de vasos de terracota, que facilitam a oxigenação do solo em que a planta foi plantada. Como o espaço é limitado, alguns tipos de vegetais podem ser cultivados no mesmo vaso (escolha, para esse uso, os vasos retangulares, que permitem a otimização do espaço). Os vasos de uma só volta são muito úteis para o cultivo de plantas perenes aromáticas (como o alecrim): desta forma, não será necessário estressar desnecessariamente a planta cada vez que for colocar um novo vegetal ao lado dela.

Existem também no mercado potes de plástico, cada vez mais procurados: mesmo que não favoreçam a oxigenação do solo, são mais leves que os recipientes de terracota. Portanto, seu uso é recomendado ao cultivar plantas que precisam ser movidas várias vezes ao longo do dia.

Os potes devem ser preenchidos com terra, tendo o cuidado de garantir a drenagem com as bolas de argila (ou cascalho) adequadas, que devem ser colocadas no fundo do próprio vaso.

Depois de plantadas as diferentes hortaliças, também é importante regar sem molhar as plantas: a água deve ser despejada diretamente na terra. Também é preferível que as plantas, nos meses de verão, sejam regadas de manhã cedo: isto evitará que a água da panela aqueça e evapore.


O que crescer

Devido ao espaço limitado, recomenda-se o cultivo de hortaliças que não precisam de um grande ambiente para se desenvolver. Existem plantas de todos os tipos, para serem cultivadas em qualquer época do ano. No inverno, pode-se plantar alho, cebola, alface, espinafre, rabanete, ervilha, rúcula, pimenta e repolho. Com a chegada da primavera, espaço pode ser dado às plantas aromáticas (alecrim, sálvia, alfazema e manjericão), bagas (para as quais serão necessários potes de plástico), cenouras, tomates, courgettes e pimentos. No verão (a partir de setembro), pode-se semear alho-poró, escarola, nabo e beterraba. No período de outono, você pode dar espaço para erva-doce, brócolis, valeriana, chicória.

Como pode ver, uma horta construída no seu terraço garante a presença durante todo o ano de uma grande variedade de vegetais sempre frescos.


Respeite as necessidades de cada planta

O que pode ser difícil de garantir, em um ambiente confinado como uma varanda, é que as necessidades de crescimento de cada vegetal sejam atendidas. Instalando uma horta na varanda, de facto, encontrará, em contacto estreito, as hortaliças que precisam de sol com as que preferem a sombra; vegetais que precisam de muita água com aqueles que preferem a seca e muito mais. No entanto, bastam alguns truques para respeitar ao máximo as diferentes necessidades dos vários vegetais. Em primeiro lugar, encostamos à parede as plantas que precisam de suportes (como tomate ou ervilha): assim será mais fácil garantir o seu crescimento. É imprescindível que o suporte também seja feito por meio de um pedaço de pau plantado no vaso, ao qual a planta deve ser amarrada. Um toldo ao ar livre pode manter parte do terraço na sombra, criando o ambiente sombreado que alguns tipos de plantas precisam. Outra parte do terraço deve antes ficar exposta ao sol: isso também permitirá que você tenha o ambiente ideal para as plantas que precisam de exposição ao sol.


- horta em vaso">Jardim na varanda: como otimizar o espaço

Existem muitas maneiras diferentes de aproveitar ao máximo o espaço disponível. pode-se munir de recipientes que permitem pendurar os vasos na grade, permitindo assim o cultivo de um maior número de plantas (método recomendado sobretudo para as plantas aromáticas, que não têm medo de muito sol). Outro método, amplamente utilizado, para otimizar o espaço disponível ao máximo é arranjar uma velha escada de madeira no terraço: desta forma, os vasos podem ser dispostos em diferentes degraus, criando uma espécie de horta "vertical" e decorar o ambiente de forma original (recomendado o uso de escada com rodas, que facilitará a movimentação).

Lembre-se também do uso de bolsinhas de pano: são suportes que podem ser fixados na parede e que costumam ser usados ​​no banheiro, para arrumar os frascos de xampu e gel de banho. Cada bolsa é espaçosa e permite a inserção de uma jarra, na qual terá sido plantada uma verdura.

Se gosta de fazer você mesmo, também é possível fixar vasos de madeira no nariz: no mercado existem alguns especiais e com uma simples furadeira pode criar um verdadeiro jardim suspenso.


Vídeo: Horta na Cidade - Momento Ambiental